sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

starbucks, eu, pedro granger e o jimms!

mas que belos ingredientes para uma história inesquecível. daquelas em que alguém a vai contar no dia em que partir desta para melhor, do tipo:

- conhecia bem o pedro, era uma pessoa espectacular! e aquela cena no starbucks com o pedro granger?!

- quem?

- aquele gajo pequenino, que fazia sempre papel de miúdo.

- ah, aquele que utilizava sempre dois relógios da swatch? tipo, uma beca homosexual?

- és mesmo homofóbico joaquim, mesmo homofóbico...

- olha que até me dou bem com o teu filho!

viram? teve piada. sou bom não sou? então pronto, foi assim:

à tarde passei pelo starbucks de Belém para beber um café moca moca, com chocolate por cima das natas. atrás de mim estava pedro granger que ainda não se tinha decidido naquilo que queria tomar. quando estava a pedir, pensei que teria imensa piada dizer que me chamava jimms para ouvir "café moca moca para jimms!". delicioso para os meus ouvidos. e assim o fiz, disse que me chamava jimms e fiquei à espera que me chamassem. entretanto junta-se a mim o pedro, granger, que também esperava a sua bebida. ali estavamos, jimms e pedro. até que se ouve "qualquer-coisa-quente-natas-caramelo para pedro", ora, sendo o meu nome também pedro, e não jimms, por instinto disse que era meu e estiquei a mão. nesse momento o granger fica a olhar para mim estático, paralisado e eu a rir histérico bem no meu interior a pensar que melhor que tudo aquilo era o que iria ouvir depois: " CAFÉ MOCA MOCA PARA JIMMS!".

sublime.

1 comentário:

senhorita valdez disse...

de partir a moca, jimms.
mhhahahaa