quarta-feira, 7 de março de 2007

Half Nelson, um filme completo


E se a estatueta máxima do cinema, de melhor actor, ficasse nas mãos de Ryan Gosling? Não lhe ficava nada mal. Parece que tem algo de Brad Pitt e Edward Norton, numa só pessoa. É uma pena que este actor passe por despercebido. E quem o viu no, filme de Nick Cassavetes, Stay, fica, com certeza, “apaixonado” com a sua maneira de representar e de se apresentar.

Half Nelsson cheira a filme independente. Câmara tremida, luz natural, e a abordagem a temas difíceis com seriedade, sem moralidades e sem intenção de causar qualquer choque pragmático ao espectador. Um filme despretensioso onde brilham dois actores. Um já disse, o outro (neste caso outra): Shareeka Epps. É francamente delicioso ver este pequeno talento em acção.

A banda sonora é guiada pelos Broken Social Scene, Half Nelson é uma séria razão para nos deslocarmos ao cinema.

Sem comentários: