quinta-feira, 22 de março de 2007

Casablanca apresenta:


Não sei se ache engraçado, ridículo, estapafúrdio, desconcertante ou misterioso e sinistro. Tudo começou no penúltimo dia do ano transacto. Cartazes ilustravam autocarros, enchiam outdoors e inundavam páginas de jornais. A “promotora” Casablanca (gosto da referência subtil ao mítico filme Casablanca), prometia nomes enormes como 50 Cent, Busta Rhymes, Akon, Sean Paul, Kalibrados, entre muitos outros. Bilhetes foram vendidos, sonhos foram perdidos. A primeira desilusão deu-se quando o primeiro espectáculo foi cancelado. Mas após o cancelamento já tinha outra data marcada. O lugar era o mesmo e os artistas também. O cartaz não fugia à regra e a publicidade aumentou. Ah, quem tinha comprado bilhete para a primeira data, tinha direito ao segundo concerto.
Em Janeiro estavam duas datas marcadas. Mas pelo Pavilhão Atlântico ninguém da Casablanca passou.
Em Fevereiro igualmente.
Estamos em Março. Já não conseguem enganar o Pavilhão Atlântico. Enganaram o Belenenses.

Agora, a minha dúvida: Mas porque raio fazem eles isto? Para gozarem e rirem na nossa cara? Lavagem de dinheiro? Porquê?

Aconselho, veemente, que visitem o site da “promotora” Casablanca. A imagem que tirei de lá, mostra os “amigos” deles nos EUA e da (bandeira da Inglaterra). Encontram algo de estranho nessas imagens? Se acham que é o único erro, vasculhem bem a página.

Sem comentários: