quinta-feira, 22 de fevereiro de 2007

Fui Nadar Ali Contigo.



do Lat. *detestare ou detestari

v. tr.,
execrar;

odiar;

ter aversão;

aborrecer;
abominar.

Após esta pequena introdução, posso começar a escrever o post. Só um bocadinho...está quase…sim, agora sim. Detesto centros comerciais. E sempre que lá vou refugio-me no único sitio onde consigo estar mais que 10 minutos seguidos. A Fnac. E a do Colombo é, francamente para mim, a melhor de Portugal. Quem já foi à de Barcelona sabe que aquilo é mesmo foda para 5 horas. O que queria aqui escrever, era a minha ida à Fnac hoje, onde encontrei várias coisas que quero, e vou, comprar. Aqui vai a historia.

Ainda não almocei e quero ir à casa de banho. Vou á Fnac. Entro e os seguranças não olham para mim de alto a baixo. Tudo normal. Entro e esqueço-me de olhar para a fila de quem paga. Eu quando entro numa loja já sei se vou comprar ou não. Nunca compro quase assim sem pensar ou de repente. Não que seja calculista e metódico. Enfim…olho de relance para os portáteis e sinto-me superior por poder usar um IBM, coisa que nem é vendida ao desbarato ao público! “Goal to me” Vejo orgasmos tecnológicos com pessoas a tocarem em Macintosh’s. Vou directo aos cd’s, fugindo aos dvd’s, jogos, e o vício dos cd’s de música latina. Foi na zona das colectâneas e colecções, e essas coisas, que vi a minha primeira compra. Uma colectânea de The Clash. Considero-os a melhor banda de todo o sempre, e nunca comprei nada de original deles. Acho que chegou a altura. Eu sei que é daqueles que tem só os singles e tal…mas a capa é bonita e é original, percebem? Saio dali rápido. Pessoas estranhas passeiam pela Fnac o dia todo, e pareceu-me ver um desses ao meu lado. Paro, espantado e quase hipnotizado, em frente aos Action Figures. Se há coisa inútil que
gosto, é mesmo isso. Boneco de cinema, séries, B.D, etc. Acho que a imagem vale por qualquer palavra minha. Lindo, certo?
Mais uns metros e estou na secção da B.D. Como peixe procura a água e algas, eu procuro a parte de Manga e Anime. Daquele branquinhos que se lêem ao contrário, quase sempre em francês. Mas enquanto estava, já de joelhos, desesperadamente à procura a minha atenção foi chamada para a mega colecção de “masterfan” (não confundir com masterplan) do carinhoso e querido Calvin and Hobbes. Quero ter aquilo. Quer passar um fim-de-semana, todo, a ler aquilo. Estar na cama a ler aquilo…que coisa mais boa. Já estava um bocado farto de lá estar. Era hora de almoço e estavam lá aquelas pessoas que lá vão almoçar porque acham que é intelectual ir lá almoçar e ouvir musica ao mesmo tempo. Mas tive que parar para ver o meu próximo livro. Depois do “1001 Films You Have to See Before You Die”, “1001 Albums You Must Hear Before You Die”. O título pode ser um pouco macabro. Mas estes livros são “Os Dois Livros Que Tem Que Comprar Antes De Morrer”. Tenho um, falta-me este. Dei uma olhadela rápida e fiquei bem contente com algumas coisas que vi. É uma daquelas coisas que tenho que ter para ser um humilde humano mais feliz.
Saio rapidamente da loja.
Os seguranças olham para mim de alto a baixo. Dei-lhe um soco nos rins e fui-me embora.

2 comentários:

Wellington Almeida disse...

Gosto mais da Fnac do Chiado..talvez por estar ao meu lado. Mas por exemplo a série «Extras» só encontrei no Colombo. Se tivesse que fizer um ranking das melhores fnacs que ja fui ficaria assim:

Séries tv/cds alternativo: Chiado

Melhores preços: Barcelona (IVA!!)

Melhor acervo DVD's: Madrid

Livros: Colombo (embora lá não exista a secção gay & lesbian que existe no Chiado)

Melhor atendimento/filmes em DVD dificeis de encontrar com legendas em português: SÃO PAULO

Um abraço.

P.S. Que crime um fã dos Clash não ter LONDON CALLING na colecção. Na carbono encontras por 5€!

Peter disse...

Meu! Tens razão! Tenho que comprar algo original deles urgentemente!!!

E acho que tenho que ir a S. Paulo verificar essa Fnac! :P

Abraço!