domingo, 13 de março de 2005

O meu melhor amigo de Domingo


Quem conhece e gosta de Late Nights, é incapaz de ficar indiferente ao humor, carisma, expressividade, inteligência, corte de cabelo, e todas as outras qualidades deste apresentador e entrevistador de televisão. Trata-se do génio Conan O’brien. Ao escolher uma foto para o meu blog, rapidamente me apercebi que seria impossível não realizar as minhas já famosas montagens de fotos no paint, já que Conan é homem de mil caras, expressões, devaneios, etc. Sei que, com ele, posso contar umas horitas de boa televisão na Sic Comédia, no Domingo, altura em que todos os episódios que são transmitidos durante a semana são repetidos. Só a entrada do senhor no estúdio vale a pena. A sua capacidade de improviso, de ligação entre personagens e piadas são “skills” que muitos gostariam de ter. Por vezes, parece ser uma personagem histérica e infantil, berrando com os seus convidados, imitando um miúdo de 5 anos, dançando, correndo ficando no mesmo lugar, enfim, one man show, que bem podia dispensar os habituais dois convidados e uma actuação musical.
Nos E.U.A, este programa está no ar há onze anos, com o nível de audiências sempre a subir ou estável; uma marca impressionante, obrigando à equipa de produção estar sempre actualizada, e até, a criar personagens que já são autênticos ícones de humor progressivo e moderno. Como é o caso do cão mais rude e directo “Triumph the Insult Comic Dog”. Além de O’brien escrever actualmente o seu programa, espalha o seu humor para outros programas, fazendo isto desde a tenra idade de 17 anos. É importante salientar, que se trata igualmente dos maiores responsáveis a nível de argumentação e vozes da mais rentável (e a melhor, pelo menos para mim), série animada “The Simpsons”.
É pena que cá em Portugal não se faça nada de parecido, já que o melhor que temos é o Herman José a fazer um programa que roça o piroso com o ordinário, embora o admire muito com tudo o que ele fez com o humor em Portugal.
Mas resumindo, ver aquele americano com descendências irlandesas no pequeno ecran domingo na hora de almoço, faz dele a melhor companhia para alguém solitário como eu. Quem vê e gosta sabe do que falo, para quem não conhece, é obrigado a ver, para quem não gosta…não é digno de viver!
Abraços.
Paz!
Posted by Hello

Sem comentários: